Putz

Hoje recebi uma mensagem de e-mail cujo título era: “Teste: favor ignorar”. E, logo depois, recebi uma outra mensagem de um sujeito que desconheço, cujo título era “Re: Teste: favor ignorar”. No corpo da mensagem, estava estampada, além de sua burrice aguda, a seguinte frase: “OK!”

Advertisements