Minha coisa mais linda do mundo

Ela viajou e eu fiquei. Acordo cedo para trabalhar, e a cachorrinha sofre de ansiedade. Quando se tem um par, nada faz sentido sozinho. Quando estamos juntos, às vezes nos sentimos sufocados, como se precisássemos de um espaço, de um pouco de tempo sozinhos. Mas, quando nos separamos, as coisas perdem o sentido, pois eram todas feitas a dois, ou a um, mas com o outro logo ali, há metros de distância.

Então traduzo no escritório, e a Melinda, parada em frente à porta, espera, late, espera, e a “mãe” não chega, não vai chegar pelos próximos 4 dias. Isso me faz pensar como seria se eu a perdesse. Provavelmente sairia por aí vagando, deixaria de fazer metade das coisas que faço, não teria coragem de tirar as roupas dela do armário, continuaria fazendo a outra metade das coisas e me lembrando dela e das coisas que me ensinou, que eu não fazia antes.

Minha coisa mais linda, este post é para você, que está longe agora, mas não sai de dentro de mim, lugar de onde vem um sentimento misturado, doído, mas bom. Já sei por que o mundo quer rejeitar os laços e pregar a “liberdade”. É porque dói precisar de alguém. Só que amar é precisar. Minha cadelinha está aqui para me lembrar disso o tempo inteiro, enquanto luto por tranqüilidade, já que sou racional.

Advertisements

5 thoughts on “Minha coisa mais linda do mundo

  1. Belo post !

    Anh…sou leitora antiga, mas não costumo comentar. Não se zangue, é preguiça mesmo. Tenha uma ótima noite ( porque está escurecendo ). Abraços.

  2. Ah, Evandro,

    É assim mesmo o sentimento de se perder alguém que se ama muito, como o seu amor, ou um pai, ou uma mãe… É uma sensação que nos faz pensar que pedaços de você estão faltando, e que sem eles não se consegue seguir adiante. É duro seguir adiante sem eles…

    Eu sempre soube do amor lindo que você tem pela Henrie, mas é ainda mais bonito ver este amor se aprofundar e crescer à medida em que você amadurece.

    Tenho muito, muito orgulho de ser sua amiga, mas pare de me fazer chorar, affe!

    Com amor,

    Sue

  3. Pingback: Asa de Borboleta » Redescobrindo Evandro

  4. Pingback: Redescobrindo Evandro | Asa de Borboleta

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s