Feeds:
Posts
Comments

Archive for April, 2008

Shift

Há dois meses, venho lendo livros, revistas e jornais sobre investimentos. De repente, descobri que posso me aposentar aos 45 anos. Fiquei feliz, portanto, e já botei em prática o plano todo. Acontece que, quando me interesso por um assunto novo, fico, por assim dizer, obcecado por aquilo e perco a vontade de fazer outras coisas. Foi assim que me vi, então, subitamente desinteressado de todas as leituras de filosofia que vinha realizando, e agora só fico brincando em sites de carros importados, lanchas, jet skis, vinhos, eletrônicos, casas em Jurerê Internacional, enfim, vida mansa. De repente, fiquei “superficial”. Conheço-me bem para dizer que a coisa vai passar. Mas só em parte, pois, por outro lado, nunca mais serei o mesmo. A partir de agora, sou um cara que gosta de filosofia, mas que quer ser, e será, rico.

Parecem duas coisas inconciliáveis, não? De certa forma, isso combina comigo, já que minha vida tem sido, até aqui, um eterno embate por conciliar o inconciliável, em vários campos, inclusive o das amizades.

Uma das coisas em que acredito cada dia mais é que aquilo que conseguimos construir nesta vida é fruto de nosso esforço, planejamento e inteligência. Não basta professar uma crença religiosa, levar uma vida certinha e temer a Deus. Além disso, sei que muitos vêem com maus olhos o querer bens materiais e bem-estar terreno. Mas ainda não consegui me convencer de que isso está errado a priori, principalmente diante dos conceitos econômicos liberais, que caracterizam a economia como naturalmente distributiva.

Em suma: quero mais é aproveitar a vida, tanto a material quanto a espiritual. O difícil é conciliar as duas! Mas não abro mão dessa conciliação, em detrimento da vida espiritual, como parece querer o Cristianismo. Um dos grandes conflitos que tenho com a religião cristã é a aparência de uma certa imposição da vida monástica a todos os crentes, como se todos tivessem a mesma vocação e a mesma trajetória de vida.

É possível ser rico sem ser pobre de espírito? Por que aprendi que essas duas coisas são quase sinônimos?

Read Full Post »

%d bloggers like this: