Vendor-Specific Device, ou: Por que amo a Apple mesmo assim

De uns três meses para cá, meu maravilhoso e potente Macbook Pro 15 teimava em não “enxergar” a câmera de vídeo embutida em sua tampa. (Quase) toda vez que eu o desligava e religava, a câmera “sumia” e os aplicativos que a utilizavam não funcionavam mais. O aplicativo que mostra as informações do sistema a descrevia como “Vendor-Specific Device”, algo como “Dispositivo de sei lá qual fabricante”. Pesquisei na Internet (eu me considero um nerd, porque quando eu tenho problemas com meu computador eu não o levo a uma assistência técnica, mas sim ao Google!) e descobri que eu tinha que “reset the SMC”, ou seja, algo como “restaurar as configurações padrão do Controlador de Gerenciamento do Sistema”, mas prefiro dizer “zerar essa porcaria de SMC”. O SMC é um chipzinho que guarda algumas informações sobre o computador, como por exemplo onde está plugada a câmera e de que marca e modelo ela é. Essas informações podem “estragar”, então você tem que “zerá-lo” seguindo um passo-a-passo que está no site da Apple. Isso fazia minha câmera “renascer” (desculpe, não resisti ao humor negro) por um ou dois dias apenas, mas depois o problema voltava.

Então resolvi pesquisar mais fundo e encontrei isso aqui, que me levou a instalar uma pastinha (download aqui) dentro da pasta do sistema, que finalmente resolveu meu problema. It seems like the problem was software-related!

Mas por que me dei ao trabalho de escrever sobre o assunto (o leitor deve estar se perguntando)?

Bem, foi só pra dizer que acabo de achar a solução para um pepino informático, e isso em plena manhã de sábado. Ahhh, nada como resolver um pepino informático logo pela manhã para começar o dia bem!