Feeds:
Posts
Comments

Archive for November, 2011

Cada

A vida tem cheiro de peleja. Vejo pedaços da vida alheia para tirar férias da minha. Depois volto. Sempre há que voltar. Na verdade não se volta, pois já se está – nunca se sai de dentro de si senão em abstrato. Mas não é neste abstrato que está a vida do homem? Em todo caso, pelejo. Cada dia, todo dia, dezenas de ações, pensamentos, centenas, milhares. Canso-me, vou dormir então. Uma tarde, uma manhã: enésimo dia.

Read Full Post »

%d bloggers like this: