Pensamento inversivo e histeria

“É sobretudo em “tempos felizes” que a tendência para o pensamento inversivo costuma se intensificar; e vem acompanhada por uma onda crescente de histeria na sociedade. Aqueles que tentam manter o senso comum e o raciocínio apropriado finalmente terminam como minoria, sentindo-se injustiçados por ter seu direito humano de manter a higiene psicológica violado por pressões vindas de todos os lados. Isso significa que tempos infelizes não estão distantes.”

Andrew Lobaczewski, em “Ponerologia”

Advertisements