Geração a, e, i, ó, u, ipsilone

Verdade seja dita: A suposta habilidade das novas gerações para lidar com a informática não passa de um mito. Os jovens de hoje, salvo as exceções de sempre, não sabem realizar as mais básicas operações, como fazer buscas decentes no Google, gerenciar arquivos num drive virtual, ou até mesmo efetuar registro e login em serviços de internet. Não são capazes de aprender sozinhos as funções básicas dos mais intuitivos softwares do mercado, não conseguem fazer download se o botão não trouxer estampada a palavra “download” (e não houver nenhuma outra etapa no processo) etc etc. Hoje rasgo mentalmente todos aqueles textos pseudoproféticos escritos por americanos empolgadinhos – falando de quarta onda, baby boomers, generation x – que eu li na faculdade de comunicação. Tudo enganação. O que vale mesmo é a boa e velha decadência cultural, com seus sintomas arquiconhecidos – como, neste caso específico, a dificuldade de intuir procedimentos e padrões de funcionamento, e de lidar com imprevistos secundários que não alteram o rumo de um processo. É, meus amigos, autodidatismo! Conhecem?

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s