Na verdade não é coisa de MAV. Nem precisou. Parece que há um tal d…

Na verdade não é coisa de MAV. Nem precisou. Parece que há um tal de Chiocca, que melou a coisa toda e se autodeclarou presidente desse "novo" Mises Brasil.

Advertisements

Gente, o site que está espalhando boatos sobre os liberais é falso….

Gente, o site que está espalhando boatos sobre os liberais é falso. O endereço do site do IMB é mises.org.br e não misesbrasil.org.br. Os militantes virtuais do PT não ganham 7 mil reais por mês à toa. Fiquem ligados. Esse tipo de boato implantado tende a ficar cada vez mais sofisticado.

Investigadores petralhas vão apurar de onde vêm os recursos que fin…

Investigadores petralhas vão apurar de onde vêm os recursos que financiam os coxinhas! Hahhaha! E só melhora: Os "empresários" (sic) pagaram 4 mil reais – pasmem! 4 mil reais! – para transportar e inflar o Pixuleco pela cidade! Segundo os "repórteres" (ou "supostos repórteres", como diria a Grobo), "a operação, complexa, é feita com um gerador de energia e um ventilador." Kkkkkkk!

Mas ainda tem mais! O melhor: querem a nota fiscal do Lula inflado! Hahahaha! Desde quando esse bandido paga imposto?

Esse país é uma grande piada.

No vídeo do Revoltados Online que mostra a polícia prendendo a "assassina" do Pixuleco (opressora que lutava contra uma das ações "complexas" e extensamente remuneradas da direita nacional! Hahaha!), podemos ver alguns defensores do PT, ao fundo, um dos quais gritava para o Marcelo Reis em dialeto local tupi: "Tá ganhando bem, hein?"

É sério: só não estou chorando porque não consigo parar de rir! Kkkkkkk!

http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pt-assume-defesa-de-jovem-que-rasgou-boneco-de-lula-em-sp,1752703

Hoje em dia

Estive lendo um conto de Tolstói, Dois hussardos, e uma coisa chamou-me a atenção. Ao longo do conto, Tolstói sugere várias vezes uma oposição de épocas, mas neste trecho abaixo, mais ao final da história, sugere-se uma relação mais complexa entre as épocas do que a simples oposição até então reafirmada. Sugere-se que, no passado, embora os homens fossem mais rudes, eram mais cavalheiros e éticos; enquanto no presente, embora sejam mais civilizados e externamente corteses, são menos cavalheiros e mais corruptos. Isso se chama hipocrisia. “Hoje em dia” as pessoas são mais civilizadas e mais hipócritas: civilizadamente hipócritas.

Tolstói, em “Três mortes”: “No grande salão, com todas as portas fe…

Tolstói, em "Três mortes":

"No grande salão, com todas as portas fechadas, apenas se encontrava o salmista a ler os salmos de David com uma voz cadenciada, nasal. A luz forte dos círios derramava-se dos altos castiçais de prata para a testa branca da defunta, para as suas pesadas mãos cor de cera e para as pregas petrificadas da mortalha que se alteava assustadoramente nos joelhos e nos dedos dos pés."