A arte de comprar tralha informática

Comprar componentes e periféricos de computador é uma arte. Pra comprar um simples cabo, já cheguei a gastar até uns três dias de pesquisas em fóruns americanos. Sim, os americanos entendem de produtos, eles analisam os produtos. O brasileiro só analisa o próprio bolso. Se o bolso estiver cheio, ele se deixa enganar em lojas caras; se vazio, deixa-se passar para trás em stands baratocas de produtos chineses. Mas me desviei do ponto. Ou não.

Só queria compartilhar uma curiosidade que li outro dia enquanto pesquisava discos rígidos. Sabiam que 80% deles não chegam ao quinto ano de vida? Deve ser por isso que o “mesmo” disco rígido, no Mercado Livre, custa 350 ou 660 reais; o que, aliás, é outra curiosidade: você acha que “Hd 3tb Sata 6gb/s 7200rpm – 64mb Seagate Barracuda” já é muito mais informação do que um vivente são deveria ter que saber? Pois esteja informado de que não é; porque, além disso, existe algo que a maioria dos vendedores nem lhe contaram (muitos deles porque nem sabem): existe o “Hd 3tb Sata 6gb/s 7200rpm – 64mb Seagate Barracuda” modelo “St3000dm001” e o “Hd 3tb Sata 6gb/s 7200rpm – 64mb Seagate Barracuda” modelo “St3000dm003”. A diferença? Além dos 300 reais a mais? O dobro da velocidade na hora de ler seus arquivos e, provavelmente, muito maior durabilidade.

Este é só um exemplo entre centenas que eu sei de cor, de tanto apanhar na hora de comprar eletrônicos neste país detonado onde a gente agoniza. Pense numa diferença como essa. Agora multiplique por todos os componentes do seu PC e ele virará um Mac. Por falar nisso, um dia desses também passei horas no site da Dell tentando “montar” um computador similar a um MacBook Pro. Nem precisava ser portátil. Eu só queria que fosse equivalente ao Mac em cada detalhe da configuração. Acham que eu consegui? Cheguei perto, mas o preço ficou ainda maior que o de um Mac e ainda faltou muito para ser igual. Há detalhes que, quando você descobre, tem vontade de esganar o fabricante. Coisas que vão lhe impedir, por exemplo, de ligar um monitor de alta resolução (4K) vendido no próprio site da Dell, em um computador de 10 mil reais! E a coisa tem requintes de crueldade: não é que você não vai conseguir ligar o monitor no seu milionário computador. Você consegue, e a imagem ficará linda. Só que terá apenas 30Hz de freqüência. Ou seja: quando você mover o mouse, arrastar a timeline do Facebook ou assistir a um vídeo, as imagens se moverão na tela deixando rastros quase imperceptíveis, mas que cansarão sua vista e lhe darão a impressão de que algo está errado, mas você não saberá o que é. Entende? É como viver no Brasil: você nunca sabe o que está errado, porque tudo está errado.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s