Caminhos

Este problema atingiu as profundezas do meu coração, que está agora jorrando um sangue amargo, com gosto de tudo aquilo que poderia ter sido e que não foi na minha vida, e que, para ser (mesmo mal e porcamente), vai dar um trabalhão lascado.

Advertisements

Morrer dormindo?

Algumas pessoas costumam dizer que querem morrer dormindo, para evitar o sofrimento e a dor na hora da morte.

Acontece que, quem diz isso, não sabe de uma realidade crucial: àquele que invoca o nome de Jesus e o de Maria na hora da morte a Igreja Católica concede indulgência plenária, ou seja, o perdão de todos os pecados, a salvação.

Talvez seja por isso que os ortodoxos, por exemplo, todo dia à noite, oram pedindo a Deus que não permita que eles morram na cama. Uma oração que eles rezam pela manhã diz assim:

…quando eu estava prostrado em desespero, Tu me levantaste para guardar a vigília matinal e glorificar o Teu poder.

Ora, por que “prostrado em desespero”? Porque quando se está dormindo, a alma está indefesa, pois não pode invocar o nome de Cristo.

Descobri isso recentemente, em parte por meio de leituras, mas principalmente por uma afirmação do Pe. Paulo Ricardo na aula 44 de seu curso de catecismo.

Viram como é importante conhecermos a nossa fé?

The State: Worship It or Else…

But the State, which never established a Church, became one. By slow increments over time, accelerating to quick ones over the last generation, Christianity was marginalized. It is now a “private religion” on a par with Islam, Buddhism, Astrology, and Wicca. It is tolerated, as the Romans tolerated all marginal religious cults – up to the point where the followers refuse to honor the State’s gods.

http://www.thecatholicthing.org/columns/2013/oracular-politics.html

Trabalho em equipe? O que é isso?

Enquanto mountain biker no Brasil só pedala no asfalto e organiza manifestações pedindo ciclovias; nos EUA, como sempre, as pessoas aprendem a trabalhar em equipe desde criancinhas.

Aliás, hoje mesmo estive pensando: o ativismo é uma bela forma de individualismo e descomprometimento, não? No primeiro mundo as pessoas se organizam e trabalham em equipe. Aqui, só conseguem se comprometer por algumas horas, até o fim da passeata.

 

Organização e comprometimento

 

O Brasil não tem uma equipe de ciclismo internacional, como a Team Sky, por exemplo, que disputa provas como o Tour de France. Uma equipe dessas custa 10 milhões de Euros por ano, segundo um comentarista da ESPN. O mais triste, porém, não é isso. O mesmo comentarista, durante uma transmissão do torneio francês, afirmou (indiretamente, já que não queria polemizar) que o dinheiro não é tudo. O principal é o altíssimo nível de organização e comprometimento que uma equipe de ciclismo tem de ter. Ou seja, o que ele afirmou implicitamente foi que ESTE seria o maior obstáculo para os brasileiros, não o dinheiro. Como discordar?