Não compre este livro da Editora Vozes

As meditações deste livro são altamente permeadas pela ideologia marxista da Teologia da Libertação.

Cito alguns exemplos de terminologia nitidamente marxista-comunista: “categoria dos leprosos”, “realidade discriminadora”, “desejo do povo dos pobres em toda a América Latina”, “sociedade que produz a marginalização” (jan/12); “ideologias de consumo exagerado”, “mística social da fé cristã” (jan/07); “vida socioambiental” (jan/08); “ser hoje servo-eleito de Deus é estar a serviço da vida humana, ecológica e espiritual.” (jan/09); “espírito mau, que representa a estrutura do poder organizado na sociedade que aliena as pessoas (jan/10); “dignidade de todos os oprimidos” (jan/11).

O livro, enfim, contém uma lamentável exposição corrompida da fé cristã. Desisti de lê-lo e vou vendê-lo num sebo, e ainda assim com um certo sentimento de culpa.

Que Deus nos salve e perdoe a todos nós, habitantes deste mundo absurdo e decadente.

 

ATUALIZAÇÃO: Tentei publicar essa resenha nos sites da Livraria Cultura e da Livraria Saraiva, mas a publicação não foi aprovada. Bela liberdade de expressão!

Advertisements